Com o tempo, o processo de moagem de cana-de-açúcar tem deixado de ser considerado bruto de esmagamento para ser um refinado e controlado processo de extração de caldo. A eficiência na extração é parte fundamental, afinal, quanto maior ela for, maior é o retorno do investimento. Assim, as usinas e destilarias têm buscado equipamentos com alta eficiência, robustez e tecnologia, investindo em tecnologias para substituir os antigos acionamentos por volandeiras.
Geralmente acionadas por turbinas a vapor e uma série de engrenagens rudimentares, o uso dessas volandeiras, acarretam perdas de potência ao conjunto, tendo ele uma eficiência mecânica máxima de 89,8%: um valor considerado muito baixo para os dias de hoje.
Elevar os níveis dos indicadores de moagem e moderniza-la consiste em eliminar as volandeiras e todas as engrenagens intermediárias e instalar redutores planetários TGM G3 Full. Isso se traduz em confiabilidade, robustez e menor custo de manutenção, além do ganho significativo da eficiência mecânica ao conjunto, podendo chegar a 94,4%. 
Outros pontos negativos de acionamentos por volandeiras é a falta de flexibilidade de manutenção, falta de regulagem individualizada de rotação dos ternos, subdimensionamento do conjunto com comprometimento da capacidade de produção e alto consumo de óleo. Além disso, vale lembrar que cada dia mais, as indústrias alimentícias tendem a requerer isenção de contaminação por graxa e óleo (o que é comum na lubrificação das engrenagens).
O gerente da Unidade de Negócios Transmissões da TGM, Alexandre Azzine, explica que, devido a essas características, esse tipo de acionamento (sejam duplos ou simples) têm sido substituídos por tecnologias mais modernas. “O maior propósito da linha G3 Full é oferecer eficiência e confiabilidade para acionamentos de moenda. Readequar esses acionamentos sob a ótica exclusiva de aumentar a potência não é, ao nosso ver, uma solução definitiva”, fala ele. “Por isso, a TGM desenvolveu o G3 Full: um equipamento moderno e tecnológico, que satisfaz as necessidades de potência, eficiência e confiabilidade”, conta o gerente.
“O primeiro ponto é: ao instalar o planetário TGM G3 Full, o payback do investimento se dá em curto período de tempo, tendo em vista os ganhos por capacidade de moagem e ganhos de extração devido a individualização dos ternos (quando substituiu acionamento duplo) sem falar na vantagem de 10 safras sem manutenção. As vantagens continuam: também proporciona flexibilidade na regulagem de rotações dos ternos e melhor controle do Chute Donelly; operação mais fácil; ganhos significativos de extração; instalação limpa e simples com a utilização de um espaço menor que a atual e maior eficiência mecânica. Tudo isso está comprovado pelo número de máquinas instaladas em nove países”, explica Azzine.
Assim, comprovadamente, as plantas que buscam processos eficazes e ganhos de energia, investem na tecnologia G3 Full da TGM, que entre as inúmeras vantagens da aplicação de planetários, tem 10 safras sem manutenção.
 
Publicado em Notícias TGM

A empresa fechou inúmeros negócios durante a feira

Presente desde a primeira Fenasucro, a TGM marcou presença em mais uma edição da maior Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética, onde expôs ao público suas modernas tecnologias e seus equipamentos de alta performance, comprovados e incomparáveis: uma turbina CTE 20 com painel, um redutor turbo ST 850 com acoplamento flexível GearFlex, um redutor planetário G3 Full RPS 3 480 com Monitork e peças de turbinas e redutores.


O coordenador de marketing da TGM, Adalberto Marchiori, está presente desde as primeiras Fenasucro e conta que esse ano os bons ventos voltaram ao setor. “Apesar de tudo, estamos confiantes e desenvolvendo um grande trabalho no setor, pois, temos equipamentos bem consolidados e quistos pelo mundo. Sem dúvida, essa feira ficou marcada como a retomada do setor, e, para nós, a Fenasucro é sempre uma porta de entrada para novos negócios e uma importante fonte de exposição de nossos equipamentos para outros mercados”, fala Marchiori.


“Além disso, a TGM se preparou por inteiro: na nossa fábrica foram hasteadas bandeiras dos 40 países onde estamos presentes, expusemos nossos equipamentos na frente da empresa e esse ano realizamos um treinamento para mais de 20 clientes. Também, estamos realizando um sorteio para os visitantes que foram cadastrados no nosso estande. Eles concorrem a 75 horas de serviços, comemorando os 25 anos de atividade da TGM”, conta o coordenador.


Marchiori também faz um balanço da Fenasucro. “Esse ano fechamos alguns negócios na feira para mercados nacionais e estrangeiros, entre eles, a venda de uma turbina e de quatro redutores planetários G3 Full. Nossa participação na feira superou as expectativas, principalmente, em relação à procura de serviços de manutenção planejada para entressafra 2016/2017”, conta ele.


“A TGM comemora 25 anos em 2016 e para nós tudo isso é um grande orgulho. Somos a número 1 do setor sucroenergético, nossas turbinas e redutores operam em 75% das maiores plantas brasileiras e nossos equipamentos são comprovadamente os melhores do mercado. Obrigado a todos os clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores que fizeram com que a Fenasucro fosse esse sucesso”, finaliza ele.
 

Publicado em Notícias TGM
  • Estudo de viabilidade para pequenas Centrais Termelétricas +

    Engenharia de Balanços Térmicos Realizado pela área de soluções, o estudo de balanço térmico é um grande diferencial da TGM. Ele é uma análise completa Saiba Mais
  • TGM apresenta na Expobiomassa e CIBIO a MCT - Turbina ideal para Pequenas Centrais Termelétricas +

    A feira Expo Biomassa e o congresso Cibio acontecerão nos dia 04, 05 e 06 de setembro em Curitiba-PR. Nesse evento, além de apresentar a Saiba Mais
  • TGM participa desde a primeira edição da Fenasucro +

    Desde 1991, a TGM se tornou referência em serviços e novas tecnologias para geração de energia renovável e acionamentos, contribuindo desde então com o setor sucroenergético Saiba Mais
  • Geração de energia a partir da casca do arroz movimenta região central do Rio Grande do Sul +

    Parceria com cooperativas ajudará mais de 6 mil famílias. TGM contribui com equipamentos eficientes para que o projeto tenha produção contínua e permanente   O Saiba Mais
  • TGM realiza serviços rápidos e eficientes durante a Safra +

    Para uma boa safra é necessário que as plantas operem sem que nada interfira na sua rentabilidade, e tudo isso começa após uma entressafra bem-feita.  Saiba Mais
  • Alta performance é comprovada por equipamentos TGM ao redor do mundo +

    TGM realiza testes de performance em turbinas a vapor ao redor do mundo   Encontrar soluções que unam tecnologia, know-how e experiência operacional são as Saiba Mais
  • Principais características que tornaram a linha G3 Full da TGM referência no mercado sucroenergético +

    Aplicação correta Grande parte da atual demanda por redutores vêm de unidades já existentes, assim, é indispensável que sua instalação ocorra conforme a necessidade do Saiba Mais
  • Maior planetário do setor sucroenergético mundial entra em operação +

    Tecnologia planetária TGM movimenta o setor     Quarto maior produtor de cana-de-açúcar no Brasil, o Mato Grosso do Sul vem subindo no ranking nos Saiba Mais
  • Equipamentos tecnológicos e robustos substituem volandeiras pelo mundo +

    Com o tempo, o processo de moagem de cana-de-açúcar tem deixado de ser considerado bruto de esmagamento para ser um refinado e controlado processo de Saiba Mais
  • TGM divulga sorteados cadastrados durante a Fenasucro +

    Duas indústrias brasileiras e uma argentina são as contempladas Para que as indústrias tenham processos eficientes é necessário investir em uma manutenção ágil e segura. Saiba Mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10